ACESSIBILIDADE

Página Inicial > DESTAQUES > Material escolar está mais caro em 2017

Notícias

Material escolar está mais caro em 2017

Pesquisa da Fundação Procon - SP aponta alta nos preços dos materiais escolares.

Por Redação

Compartilhar

Após as comemorações das festas de final de ano, para muitos pais se inicia uma nova saga: a compra de material escolar.

A Fundação Procon de São Paulo realizou uma pesquisa de preço dos materiais escolares na cidade de São Paulo, entre os dias 06 e 08/12/2016. Para a comparação, foram considerados 214 itens, no total.

É possível constatar um aumento de 12,97% nos valores com relação ao ano passado. Pode até parecer pouco, mas o índice de preços ao consumidor de São Paulo (IPC-FIPE) teve uma variação de 6,65% para esse mesmo período.

A pesquisa ressalta, também, que um mesmo produto pode variar de preço em até 457% de um estabelecimento para outro. Portanto, é necessário pesquisar.

Em alguns locais é possível comprar em grandes quantidades, garantindo melhores preços ou descontos. Confira no site do Idec mais dicas na hora de comprar material escolar

Importante ressaltar que é proibida por lei (Lei 12.886/13) a solicitação de material de uso coletivo como produtos de limpeza, papel higiênico, copos descartáveis, giz, apagador, etiquetas, fitas adesivas, isopor, grampeador e envelope, dentre outros. As instituições de ensino não podem exigir que a compra do material escolar seja de determinada marca e nem exigir que sejam adquiridos em estabelecimentos indicados pela escola.